Escolha em qual região deseja encontrar o SECOVIMED?





13/06/2018

Curitiba gerou 2,6 mil vagas para profissionais com nível superior

Nos primeiros quatro meses do ano, Curitiba foi a capital do Sul que mais gerou emprego com carteira assinada entre os profissionais com ensino superior completo.

Nos primeiros quatro meses do ano, Curitiba foi a capital do Sul que mais gerou emprego com carteira assinada entre os profissionais com ensino superior completo. Foram 2.685 vagas, contra 940 de Florianópolis e 984 de Porto Alegre, de acordo com dados do Cadastro Geral de Admitidos e Demitidos (Caged) do Ministério do Trabalho. Os números se referem ao saldo da diferença entre contratações e demissões.

O setor de serviços foi o que mais empregou no período entre os curitibanos com nível superior completo, com 2.282 vagas, seguido pelo comércio (262), indústria (87) e construção civil (57).

Considerando todos os níveis educacionais, Curitiba acumulou um saldo de 7.872 vagas com carteira assinada no primeiro quadrimestre do ano.

Este foi o melhor resultado da região Sul – em Porto Alegre o saldo foi de 3.138 vagas e, em Florianópolis, o resultado foi negativo em 1.220 vagas. Os números do Caged são o saldo da diferença entre contratações e demissões.

Para Julio Suzuki, diretor presidente do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico Social (Ipardes), o bom desempenho na área de curso superior significa uma recuperação sólida da geração de vagas no município e mostra o dinamismo no mercado de trabalho. “Mostra melhor qualificação do trabalhador da capital”, disse.

As vagas com ensino superior também são as mais bem remuneradas. Levantamento do Ipardes mostra que o trabalhador com ensino superior recebe 75% mais do que a média. No primeiro quadrimestre, o trabalhador com ensino superior completo recebia R$ 2.805, 75% mais do que a média de todos os níveis, de R$ 1.602.

Liceus de Ofícios

O bom resultado pode ser atribuído também à maior qualificação. Em todo ano passado passaram pelos Liceus de Ofícios da Prefeitura 120 profissionais com ensino superior completo, de acordo com Adriano Laurindo, coordenador de qualificação profissional da Fundação de Ação Social (FAS) Trabalho. O programa oferece cursos de qualificação profissional gratuitos para jovens e adultos, prioritariamente em situação de vulnerabilidade social, mas todos podem se inscrever e participar.

“A maior procura é pelos cursos na área de informática: desde os cursos de Informática básica até especialização em excel e word, além do curso de montagem e manutenção de computadores. Há uma grande procura também pelos cursos de costura”, explicou.

“Os cursos de qualificação profissional oferecidos pelo programa promovem o desenvolvimento de habilidades técnicas e a melhoria do nível de empregabilidade não só aos jovens que buscam o primeiro emprego, mas também aos que procuram uma reinserção no mercado ou buscam empreender e abrir o seu próprio negócio”, lembrou Laurindo.

No primeiro quadrimestre desse ano, passaram pelos Liceus de Ofícios 51 profissionais com nível superior.

Fonte: BemParaná

Envie para seus amigos

Verifique os campos abaixo.

* campos obrigatórios

Comunicar Erro

Verifique os campos abaixo.

* campos obrigatórios

SEDE: Rua Doutor Pedrosa, 475 - Centro
Tel/Fax: (41) 3259-6000 - CEP 80420-120 - Curitiba - Paraná - Brasil

© 2013 Sistema SECOVI-PR. Todos os direitos reservados.