Escolha em qual região deseja encontrar o SECOVIMED?





28/11/2017

Curitiba ocupa 4º lugar em ranking de cidadaes empreendedoras

Curitiba subiu 11 posições no ranking geral do Índice de Cidades Empreendedoras (ICE) elaborado pela consultoria Endeavor e passou a ocupar a quarta posição entre as cidades que reúnem as melhores condições para abertura de empresas e expansão de negócios do Brasil.

Curitiba subiu 11 posições no ranking geral do Índice de Cidades Empreendedoras (ICE) elaborado pela consultoria Endeavor e passou a ocupar a quarta posição entre as cidades que reúnem as melhores condições para abertura de empresas e expansão de negócios do Brasil, mostra reportagem publicada na sexta-feira pelo jornal Valor Econômico.
O desempenho da capital paranaense é apontado como “surpresa” no ranking deste ano. “Há um movimento no Estado do Paraná para promover os negócios. Os resultados são notados em cidades como Curitiba, Maringá e Londrina”, disse ao jornal Marco Mazzoneto, coordenador da Endeavor Paraná.
De acordo com o jornal, o resultado da capital mostra “que os esforços para melhorar o ambiente empresarial têm surtido efeito”. Ouvido na reportagem, Vitor Torres, sócio da Contalizei (plataforma de contabilidade on-line) destacou o trabalho da prefeitura e de instituições como o Sebrae e da própria Endeavor para fomentar negócios no município.
O Valor aponta que empresas ligadas à economia digital ampliaram o repertório curitibano, tradicionalmente ocupado pelas indústrias. Entre as vantagens de Curitiba estão o custo de vida (30% menor que o de São Paulo), mão de obra especializada, maior qualidade de vida e investimentos públicos para facilitar a abertura de empresas, segundo Torres.
O ranking é liderado por São Paulo, seguido de Florianópolis e Vitória. Maringá (8º) e Londrina (13º) são as outras cidades paranaenses no ranking, do qual fazem parte 32 municípios.

O levantamento
Conforme relatado pelo Valor, a Endeavor analisa o ecossistema brasileiro para empreendedorismo desde 2014, quando começou a divulgar o ICE. Além de elaborar o ranking, a consultoria faz análises regionais.
Na edição de sexta, o jornal antecipou os resultados do índice deste ano, que serão oficialmente lançados na segunda-feira durante evento anual da Frente Nacional de Prefeitos no Recife (PE)

Desburocratizar
O diretor de pesquisa da Endeavor, Pedro Lipkin, disse ao jornal que um dos desafios para melhorar o ambiente de negócios no Brasil é reduzir a burocracia. “Além de mais ágeis na abertura de empresas, as cidades melhor colocadas no ambiente regulatório promovem mudanças em quesitos como custos dos impostos e complexidade tributária”, afirmou Lipkin.

Ações da gestão
A Prefeitura de Curitiba vem investindo em vários dos quesitos que melhoram o ambiente de negócios e promovem o desenvolvimento do empreendedorismo destacados na reportagem.

O projeto Vale do Pinhão, por exemplo, foi criado no início do ano para estimular a instalação de empresas inovadoras e de tecnologia, sendo uma das prioridades da gestão Greca.

Nesta quinta-feira (23/11), a prefeitura enviou à Câmara Municipal o projeto da Lei da Inovação, a fim de criar a regulamentação adequada para fomentar esta área na cidade.

Uma conquista marcante foi a escolha de Curitiba para ser a primeira cidade brasileira a sediar, em 2018, o Smart City Expo, considerado o maior evento de cidades inteligentes do mundo. A edição de 2017 teve o Vale do Pinhão como um dos destaques.

Na redução da burocracia, Curitiba tirou o atraso e entrou no sistema Empresa Fácil – era uma das poucas capitais que não faziam parte deste sistema que agiliza a emissão de alvarás. Além disso, a renovação dos alvarás agora pode ser feito on-line, diminuindo a burocracia para os empresários.

Fonte: Diário Indústria & Comércio 

Envie para seus amigos

Verifique os campos abaixo.

* campos obrigatórios

Comunicar Erro

Verifique os campos abaixo.

* campos obrigatórios

SEDE: Rua Doutor Pedrosa, 475 - Centro
Tel/Fax: (41) 3259-6000 - CEP 80420-120 - Curitiba - Paraná - Brasil

© 2013 Sistema SECOVI-PR. Todos os direitos reservados.