Escolha em qual região deseja encontrar o SECOVIMED?





29/06/2020

FLORES NO QUINTAL .

Quer ter um ipê no quintal de casa? Saiba como conseguir um de graça!

Aos poucos Curitiba, que vem sofrendo com a pandemia do coronavírus, vai ficando mais colorida com a florada dos ipês neste ano. E os ipês florescem as ruas e também podem embelezar o seu quintal. Isso porque a secretaria municipal do meio ambiente, por meio do projeto 100 Mil Árvores, está oferecendo mudas da árvore gratuitamente. 

Do total, cerca de 65 mil mudas já foram plantadas pela cidade. E a prefeitura espera que o restante das 35 mil plantas façam parte da cidade até o fim do ano. As mudas estão disponíveis no Horto Municipal, que fica no Barreirinha, e podem ser entregues a quem se ofereça a plantá-las num local adequado. “Estamos trabalhando com os portões fechados, por causa da pandemia. Mas atendemos com agendamento, que pode ser feito no telefone (41) 3585-3171. A proposta é deixar Curitiba mais colorida”, explica o engenheiro agrônomo responsável pelo horto, Roberto Salgueiro. 

E para ter uma árvore dessas em casa, é preciso seguir alguns pré-requisitos. A árvore precisa de espaço para se desenvolver, então o ideal é que se tenha um espaço razoável, cerca de 2 m². É preciso abrir um buraco de 50cm x 50cm e cuidar com fiação e muro, para que a raiz e galhos se desenvolvam sem obstáculos. 

“Estamos liberando as mudas para a população. Para condomínios que tenham área de bosque para plantar em frente de casa, mas orientamos qual é a melhor espécie dependendo do local”, esclarece o engenheiro. 

Projetos de arborização começaram em 1979

Roberto Salgueiro, responsável pelo Horto da Barreirinha, produz as mudas e faz os projetos de arborização da cidade. E não é tarefa fácil. Afinal, é preciso pensar em como a cidade vai estar daqui 4, 5 anos — tempo que as sementes desenvolvem e amadurecem para virarem mudas prontas para ir às ruas.

 “Eu estou aqui desde 1979, mexendo e trabalhando com isso. Quando comecei, Curitiba tinha 800 mil habitantes. Hoje tem um milhão a mais. As coisas vão mudando e cada vez mais rápido. Temos que pensar e olhar bem para frente, mas não é tarefa fácil”, conta Roberto Salgueiro.

É preciso entender que algumas vias da cidade podem crescer, tomar corpo, e o planejamento de arborização precisa acompanhar. A Rua Padre Agostinho, por exemplo, na região do Bigorrilho, precisou ganhar novas pistas com o passar dos anos. “A calçada ficou mais estreita e as árvores ficaram muito próxima da pista”, conta Salgueiro. Por isso, o planejamento da arborização é muito importante.

Fonte: Tribuna – PR

Envie para seus amigos

Verifique os campos abaixo.

* campos obrigatórios

Comunicar Erro

Verifique os campos abaixo.

* campos obrigatórios

SEDE: Rua Doutor Pedrosa, 475 - Centro
Tel/Fax: (41) 3259-6000 - CEP 80420-120 - Curitiba - Paraná - Brasil

© 2013 Sistema SECOVI-PR. Todos os direitos reservados.