Escolha em qual região deseja encontrar o SECOVIMED?





02/07/2019

Mercado imobiliário trava com mais de dez mil imóveis à venda

Esta é a avaliação do setor imobiliário regional diante das condições econômicas que tendem a não mudar muito nos próximos meses.

Foz do Iguaçu - Um setor que caminha a passos lentos e sem muitas perspectivas para reação em curto e médio prazo. Esta é a avaliação do setor imobiliário regional diante das condições econômicas que tendem a não mudar muito nos próximos meses. Avaliações de núcleos especializados no segmento calculam que existam hoje, somente nos maiores municípios da região, cerca de dez mil imóveis à venda, muitos nestas condições há meses e até anos, mas o comportamento de vendedores e compradores é bem diferente de município para município. 

Segundo o presidente do Secovi-PR (Sindicato da Habitação e Condomínios do Paraná) em Cascavel, Luiz Antonio Langer, algumas vendas no município até são registradas, mas em patamares muito diferentes dos vistos na virada da atual década, quando se tinha uma condição de pleno emprego e da economia do País crescendo a 4% ao ano. A característica dos compradores e vendedores também tem mudado e bastante. Segundo Langer, quem está comprando hoje é quem quer a casa própria para morar. 

Ao investidor a palavra de ordem é cautela e pé no freio. “O investidor não está comprando, quem compra é quem está em busca da casa própria e como a maioria das pessoas não têm recursos para adquirir à vista, precisa de um financiamento. Até tem algum recurso para financiamento, porém, este crédito também está muito mais seletivo diante da inadimplência que está em alta. Tudo ajuda para travar o mercado”, reforça. Com uma carteira de imóveis que se aproxima de 3,5 mil deles à venda somente em Cascavel, a maioria na região central e na região do bairro Tropical, áreas bastante valorizadas, Luiz relata outra curiosidade do mercado no município. Segundo ele, não houve desvalorização coletiva. “Costumo brincar que a pessoa tem uma dívida, precisa vender seu imóvel para quitar a dívida, mas quer vender, pagar a conta e quer que sobre o valor total da casa. Então em alguns casos houve até valorização. Há 30 anos no mercado, não tenho visto o imóvel desvalorizar em Cascavel”, completa.

A facilidade que tem se encontrado, segundo ele, é o famoso escambo. “Antes a venda do imóvel era só no dinheiro, hoje tem muita troca de um imóvel por outro, pega-se carro na negociação, facilita-se o valor da entrada com parcelamento e em alguns casos específicos o vendedor até reduz um pouco o valor do imóvel, mas de regra, o mercado não teve redução nos preços por aqui”, considerou.

Fonte: Assessoria Sistema Secovi-PR

Envie para seus amigos

Verifique os campos abaixo.

* campos obrigatórios

Comunicar Erro

Verifique os campos abaixo.

* campos obrigatórios

SEDE: Rua Doutor Pedrosa, 475 - Centro
Tel/Fax: (41) 3259-6000 - CEP 80420-120 - Curitiba - Paraná - Brasil

© 2013 Sistema SECOVI-PR. Todos os direitos reservados.