Escolha em qual região deseja encontrar o SECOVIMED?





16/06/2017

Prefeito vistoria drenagem do Rio Barigui, que reduzirá alagamentos na região Sul

O prefeito Rafael Greca acompanhou o andamento das obras de drenagem e perfilamento do Rio Barigui, que foram retomadas pela Prefeitura de Curitiba há duas semanas, após ficarem paradas por dois anos e dez meses.

O prefeito Rafael Greca acompanhou nesta terça-feira o andamento das obras de drenagem e perfilamento do Rio Barigui, que foram retomadas pela Prefeitura de Curitiba há duas semanas, após ficarem paradas por dois anos e dez meses. “A obra segue em bom ritmo e, quando concluída, irá reduzir os alagamentos na Cidade Industrial, Vila Nossa Senhora da Luz, Vila Cid Campelo e outras áreas que foram inundadas pela última chuva. É a Prefeitura trabalhando para reduzir o flagelo dos alagamentos na cidade”, afirmou Greca, acompanhado do vice-prefeito e secretário de Obras Públicas, Eduardo Pimentel.

Os trabalhos de limpeza das margens e desassoreamento da calha do rio são feitos em um trecho de 22 quilômetros a partir do encontro dos rios Iguaçu e Barigui até a Rua Dionira Moletta Klemtz. A obra irá aumentar a vazão do rio e, consequentemente, diminuir enchentes nas comunidades dos bairros Caximba, CIC, Tatuquara e Fazendinha. “Com a obra concluída, no verão que vem, quando chover novamente, não haverá cheia no Barigui”, disse Greca.

Com investimento de R$ 13,5 milhões, do Ministério das Cidades, a obra do Rio Barigui foi paralisada em junho de 2014 por problemas contratuais e ambientais da gestão anterior. Eduardo Pimentel explicou que a intervenção parou com cerca de 55% dos serviços executados. “A retomada é uma demonstração do compromisso da nossa gestão em reduzir os alagamentos e atuar com agilidade na execução de todas as obras em andamento na cidade”, defendeu.

Ao longo de 22 quilômetros está prevista a construção de muros de contenção de pedras nas margens do rio. Os muros de contenção servem para garantir a estabilidade do solo e evitar a erosão nas margens do rio.

O perfilamento do Rio Barigui faz parte de um grande pacote de obras de drenagem feitas em conjunto com o Ministério das Cidades, no valor de R$ 144 milhões. Todos os trabalhos são fiscalizados e coordenados pelo Departamento de Pontes e Drenagem da Secretaria de Obras Públicas e Infraestrutura.

Negociação

No início do ano, o município correu o risco de perder os recursos federais para a obra do Rio Barigui devido ao atraso na execução dos trabalhos. A manutenção dos investimentos só foi possível porque o prefeito Rafael Greca conseguiu, no final do ano passado, prorrogar junto ao governo federal os prazos para a apresentação dos projetos e execução das obras.

São nove processos para importantes obras, como o reperfilamento, microdrenagem e construção de muro de contenção do Rio Belém. Além disso, está previsto o reperfilamento e contenção do Rio Atuba e obras no Rio Juvevê.

Outra grande obra de macrodrenagem em execução pela Prefeitura de Curitiba para controle de cheias é feita nos afluentes do Rio Pinheirinho. Os córregos Henry Ford, do Cortume e Santa Bernadete e o Rio Vila Guaíra passam por uma transformação, que trará efeitos positivos para 57,1 mil moradores dos bairros Lindóia, Parolin, Fanny, Guaíra e Hauer. Os investimentos somam R$ 121 milhões.

Fonte: Jornal Água Verde

Envie para seus amigos

Verifique os campos abaixo.

* campos obrigatórios

Comunicar Erro

Verifique os campos abaixo.

* campos obrigatórios

SEDE: Rua Doutor Pedrosa, 475 - Centro
Tel/Fax: (41) 3259-6000 - CEP 80420-120 - Curitiba - Paraná - Brasil

© 2013 Sistema SECOVI-PR. Todos os direitos reservados.