Escolha em qual região deseja encontrar o SECOVIMED?





06/03/2018

Prefeitura recupera e revitaliza parques e praças

O anúncio da instalação do Largo Tomie Othake na Praça do Japão foi a mais recente de uma série de melhorias feitas pela Prefeitura de Curitiba nas praças, parques e bosques da capital desde o ano passado.

O anúncio da instalação do Largo Tomie Othake na Praça do Japão foi a mais recente de uma série de melhorias feitas pela Prefeitura de Curitiba nas praças, parques e bosques da capital desde o ano passado.
O trabalho incluiu desde revitalizações dos locais até o retorno da manutenção de equipamentos, limpeza de lagos e plantio de árvores e flores.
Espaços ambientais importantes, como Passeio Público, Jardim Botânico e bosques como o Zaninelli (Pilarzinho) e Reinhard Maack (Hauer), passaram por melhorias. Além disso, 22 praças receberam os serviços regulares de manutenção do Departamento de Parques e Praças da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

De acordo com o prefeito Rafael Greca, os locais de convívio dos moradores precisam de atenção permanente da Prefeitura. “São pontos de encontro e de lazer que devem estar sempre nas melhores condições para receber as pessoas”, diz o prefeito.

O prefeito lembra que Curitiba é reconhecida pelo número e pela qualidade dos parques e praças que possui – e seu compromisso como administrador é zelar por esses espaços de convívio social. A própria Praça do Japão recebeu a estrutura atual – com o Portal japonês e o memorial da imigração japonesa – durante a primeira gestão de Greca, em 1993.

Em breve, a praça terá um novo largo, em homenagem à Tomie Ohtake, uma das principais artistas plásticas do país, que terá uma de suas esculturas expostas de maneira permanente no espaço.

Osório
Uma das principais intervenções até o momento foi feita na tradicional Praça Osório, no Centro. As obras foram entregues ainda no primeiro semestre de 2017.

A praça ganhou nova estação de ginástica e alongamento ao ar livre. Também foram realizados consertos e pinturas de floreiras, alambrados, bancos, lixeiras, arcos e mesas de xadrez – que estavam em más condições.

O piso de petit-pavé foi reformado, assim como o relógio – ícone da área, que parado desde 2013.

A segurança no local foi reforçada, com a presença contínua da Guarda Municipal, diminuindo assim as ocorrências de furtos e atos de vandalismo. Com as melhorias, a praça está voltando a representar uma alternativa de lazer para a população.

Passeio Público
Parque mais antigo de Curitiba – instalado em 1886 – o Passeio Público sofreu nos últimos anos com falta de manutenção e abandono. A Prefeitura está recuperando o local e o primeiro passo é a volta da manutenção. Os três lagos do espaço foram limpos – e uma infiltração localizada num deles, consertada.

O trabalho resultou no recolhimento de 500 toneladas de lodo e resíduos vegetais (o equivalente a 50 caminhões). Entre a massa resíduos, uma série de celulares, medalhas e moedas.

Esse tipo de intervenção é importante para manter o local em boas condições de uso.

“A revitalização vai continuar”, diz Jean Brasil, diretor do Departamento de Parques e Praças. Para a etapa de paisagismo, serviços de pintura, poda e tratamento de animais já estão entrando em vigor.

Reinhard Maack
O Bosque Reinhard Maack, no bairro Hauer, foi reaberto em agosto do ano passado após passar por uma longa reforma. Foram restaurados 16 brinquedos da chamada trilha da aventura, principal atração do local – três deles estavam sem condições de uso havia mais de 4 anos. A área de 78 mil metros quadrados, dedicada à preservação e educação ambiental, também ganhou novos banheiros, anfiteatros, trilhas e uma nova camada de pavimento nos arredores e na ciclovia.

A rampa do mirante, no Bosque Zaninelli, que abriga a Universidade Livre do Meio Ambiente (Unilivre), também foi revitalizada. Foram realizadas obras de recuperação do assoalho da rampa, que circula o prédio e dá acesso ao mirante, bem como serviços de pintura e manutenção. O Zaninelli foi decretado bosque municipal de preservação em 1992.

Jardim Botânico
Desde o início do ano passado, um dos principais cartões postais da cidade, o Jardim Botânico tem sido alvo de constante preservação e melhorias.

O Jardim das Sensações foi reaberto aos finais de semana, 150 mil novas mudas foram plantadas, a estufa recebeu luminárias LED, a arborização de toda a área passou por manutenção, o local recebeu novo bebedouro (feito com reutilização de materiais e piso permeável), além de limpeza das cascatinhas e chafarizes.

Para marcar o aniversário de 26 anos do jardim, em outubro passado, o espaço recebeu a coleção vegetal Jardim das Araucárias do Mundo, que compreende 6 das 18 espécies existentes de pinheiros, e uma logomarca.

Barigui
O Parque Barigui teve a implantação de um Jardim de Mel, com cinco caixas para abrigar espécies de abelhas nativas sem ferrão, pergolado, deck de madeira, bancos e bicicletário.

Outras intervenções
Outras intervenções foram feitas em 20 locais, incluindo a Câmara Municipal de Curitiba e a Praça Garibaldi.

A Praça Afonso Botelho e o Parque Náutico foram readequados. Houve também reformas no Museu de História Natural, bairro Capão da Imbuia, e no Parque Centenário da Imigração Japonesa, no Uberaba.

Fonte: Diário Indústria & Comércio

Envie para seus amigos

Verifique os campos abaixo.

* campos obrigatórios

Comunicar Erro

Verifique os campos abaixo.

* campos obrigatórios

SEDE: Rua Doutor Pedrosa, 475 - Centro
Tel/Fax: (41) 3259-6000 - CEP 80420-120 - Curitiba - Paraná - Brasil

© 2013 Sistema SECOVI-PR. Todos os direitos reservados.