Escolha em qual região deseja encontrar o SECOVIMED?





02/03/2020

Últimas notícias de coronavírus de 1º de março

Itália anuncia estímulo à economia para combater impactos do vírus, enquanto Armênia, San Marino, Escócia registraram primeiros casos.

Na noite deste domingo, a China registrou 202 novos casos de coronavírus, elevando o número total para 80.026. O número de novas mortes foi de 42, totalizando 2.912 desde o início do surto.

Mais cedo, a Inglaterra anunciou 13 novos casos registrados, levando o total para 36. Ainda na Europa, o museu mais famoso de Paris, o Louvre, foi fechado na parte da manhã para que funcionários participassem de uma reunião sobre o covid-19.

Para aliviar os impactos do surto, o ministro da Economia, Roberto Gualtieri, anunciou neste domingo que vai injetar 3,6 bilhões de euros na economia italiana, a partir de estímulos como créditos tributários, reduções de impostos e financiamentos para a saúde pública.

Já a EscóciaRepública TchecaRepública Dominicana, Armênia e San Marino registraram o primeiro caso de coronavírus em seus territórios.

No Oriente Médio, o Irã registrou um salto no número de infectados: 385 novos casos em 24 horas, passando para um total de 978.

Coreia do Sul registrou mais 586 casos de Covid-19, segundo a agência coreana Yonhap. Agora, existem 3.736 infectados no país, o maior número fora da China. 18 pessoas morreram por causa da doença. As autoridades de saúde do país afirmaram que é provável que o número de infectados continue subindo.

Veja destaques sobre o coronavírus por região:

 

Europa

Américas

Oriente Médio

Iranianos usam máscaras protetoras contra o novo coronavírus em Teerã, no Irã, no sábado (29).

Irã registrou um salto no número de casos, segundo informações da Associated Press: de 593 no sábado (29) para 978 neste domingo (1º). São 385 novas infecções em 24 horas. O país tem 54 mortes pela doença.

Ásia

Oceania

África