Escolha em qual região deseja encontrar o SECOVIMED?





04/10/2017

Vendas de materiais de construção crescem 7%

As vendas do varejo de material de construção cresceram 7% em setembro, em comparação com o mesmo mês de 2016.

As vendas do varejo de material de construção cresceram 7% em setembro, em comparação com o mesmo mês de 2016. Com o resultado, o setor acumulou um crescimento de 4,5% no ano e de 1% na medição dos últimos doze meses.

Os dados foram divulgados ontem (3) pela Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco). Na comparação com agosto deste ano, ainda segundo o levantamento, o índice se manteve estável.

O resultado do mês foi impulsionado, de acordo com o presidente da entidade, Cláudio Conz, pelas vendas de tintas e revestimentos cerâmicos. "Houve um aumento significativo das vendas [desses produtos], o que indica que a família brasileira já está iniciando as reformas de suas casas para o final do ano", afirma Conz.

As perspectivas para os próximos meses do ano é que o cenário de expansão das vendas continue. Segundo o estudo da Anamaco, 70% dos 530 lojistas entrevistados acreditam que terão um aumento no volume de vendas de predominantemente 10% no mês de outubro. "O Segundo semestre do ano é sempre mais positivo para o nosso setor", diz o presidente da entidade. As vendas de julho a dezembro, representam, em geral, 65% do faturamento total anual do setor.

Para o consolidado do ano, a previsão da associação é que o varejo de material de construção feche com um crescimento de aproximadamente 5%, frente o resultado do ano passado.

Dois aspectos que devem influenciar o crescimento do ramo este ano é a portaria que regulamenta o Cartão Reforma, assinada em setembro, e o Construcard, linha de crédito oferecida pela Caixa Econômica e que está em fase de testes.

O estudo da Anamaco apontou ainda um crescimento do otimismo dos lojistas. A maioria dos entrevistados do Sul, Sudeste e Centro-Oeste pretendem fazer novos investimentos. Já a intenção de contratar em outubro aumentou no Sul, mas retraiu no Norte. Sobre o otimismo com relação às ações do Governo nos próximos 12 meses, o índice subiu de 32% para 36%.

Fonte: CBIC

Envie para seus amigos

Verifique os campos abaixo.

* campos obrigatórios

Comunicar Erro

Verifique os campos abaixo.

* campos obrigatórios

SEDE: Rua Doutor Pedrosa, 475 - Centro
Tel/Fax: (41) 3259-6000 - CEP 80420-120 - Curitiba - Paraná - Brasil

© 2013 Sistema SECOVI-PR. Todos os direitos reservados.